__node: object(stdClass)#407 (36) {
  ["vid"]=>
  string(5) "22972"
  ["uid"]=>
  string(1) "1"
  ["title"]=>
  string(13) "Passo a Passo"
  ["log"]=>
  string(0) ""
  ["status"]=>
  string(1) "1"
  ["comment"]=>
  string(1) "1"
  ["promote"]=>
  string(1) "0"
  ["sticky"]=>
  string(1) "0"
  ["vuuid"]=>
  string(36) "2b673588-6e0e-4b48-9042-d50effe218f5"
  ["nid"]=>
  string(5) "22972"
  ["type"]=>
  string(10) "sub_pagina"
  ["language"]=>
  string(5) "pt-br"
  ["created"]=>
  string(10) "1411046360"
  ["changed"]=>
  string(10) "1411046360"
  ["tnid"]=>
  string(1) "0"
  ["translate"]=>
  string(1) "0"
  ["uuid"]=>
  string(36) "80c65104-a749-4ba3-81f7-e0be87defa76"
  ["revision_timestamp"]=>
  string(10) "1411046360"
  ["revision_uid"]=>
  string(1) "1"
  ["body"]=>
  array(1) {
    ["und"]=>
    array(1) {
      [0]=>
      array(5) {
        ["value"]=>
        string(876) "
  1. Tipo de Receita: clique em Outras Receitas
  2. Receita: escolha uma das duas opções
    1. Código 5436 – para Multas Tribunal de Contas
    2. Código 5444 – para Glosas Tribunal de Contas (decisão com imputação de débito)
  3. Identificação do Contribuinte: informe o número do seu CPF (somente números)
  4. Nome/Razão Social: informe
  5. Nome completo do responsável condenado pelo TCE/SC (sem abreviações)
  6. Número do telefone com DDD
  7. Número do processo (somente números)
  8. Número da parcela: clique 1
  9. Data de Vencimento: 30 dias após a publicação da decisão
  10. Valor: informe o total do valor a recolher (principal + juros + correção monetária), conforme demonstrativo enviado por ofício
  11. Concluído o preenchimento do formulário: clique em Aceitar
" ["summary"]=> string(0) "" ["format"]=> string(9) "full_html" ["safe_value"]=> string(882) "
  1. Tipo de Receita: clique em Outras Receitas
  2. Receita: escolha uma das duas opções
    1. Código 5436 – para Multas Tribunal de Contas
    2. Código 5444 – para Glosas Tribunal de Contas (decisão com imputação de débito)
  3. Identificação do Contribuinte: informe o número do seu CPF (somente números)
  4. Nome/Razão Social: informe
  5. Nome completo do responsável condenado pelo TCE/SC (sem abreviações)
  6. Número do telefone com DDD
  7. Número do processo (somente números)
  8. Número da parcela: clique 1
  9. Data de Vencimento: 30 dias após a publicação da decisão
  10. Valor: informe o total do valor a recolher (principal + juros + correção monetária), conforme demonstrativo enviado por ofício
  11. Concluído o preenchimento do formulário: clique em Aceitar
" ["safe_summary"]=> string(0) "" } } } ["field_page_address"]=> array(0) { } ["field_page_redirect"]=> array(1) { ["und"]=> array(1) { [0]=> array(1) { ["value"]=> string(1) "0" } } } ["field_anexo"]=> array(0) { } ["field_botoes"]=> array(0) { } ["field_page_redirect_target"]=> array(1) { ["und"]=> array(1) { [0]=> array(1) { ["value"]=> string(5) "_self" } } } ["rdf_mapping"]=> array(9) { ["rdftype"]=> array(2) { [0]=> string(9) "sioc:Item" [1]=> string(13) "foaf:Document" } ["title"]=> array(1) { ["predicates"]=> array(1) { [0]=> string(8) "dc:title" } } ["created"]=> array(3) { ["predicates"]=> array(2) { [0]=> string(7) "dc:date" [1]=> string(10) "dc:created" } ["datatype"]=> string(12) "xsd:dateTime" ["callback"]=> string(12) "date_iso8601" } ["changed"]=> array(3) { ["predicates"]=> array(1) { [0]=> string(11) "dc:modified" } ["datatype"]=> string(12) "xsd:dateTime" ["callback"]=> string(12) "date_iso8601" } ["body"]=> array(1) { ["predicates"]=> array(1) { [0]=> string(15) "content:encoded" } } ["uid"]=> array(2) { ["predicates"]=> array(1) { [0]=> string(16) "sioc:has_creator" } ["type"]=> string(3) "rel" } ["name"]=> array(1) { ["predicates"]=> array(1) { [0]=> string(9) "foaf:name" } } ["comment_count"]=> array(2) { ["predicates"]=> array(1) { [0]=> string(16) "sioc:num_replies" } ["datatype"]=> string(11) "xsd:integer" } ["last_activity"]=> array(3) { ["predicates"]=> array(1) { [0]=> string(23) "sioc:last_activity_date" } ["datatype"]=> string(12) "xsd:dateTime" ["callback"]=> string(12) "date_iso8601" } } ["cid"]=> string(1) "0" ["last_comment_timestamp"]=> string(10) "1411046360" ["last_comment_name"]=> NULL ["last_comment_uid"]=> string(1) "1" ["comment_count"]=> string(1) "0" ["name"]=> string(5) "admin" ["picture"]=> string(1) "0" ["data"]=> string(24) "a:1:{s:7:"overlay";i:1;}" ["content"]=> array(5) { ["body"]=> array(16) { ["#theme"]=> string(5) "field" ["#weight"]=> string(1) "0" ["#title"]=> string(5) "Corpo" ["#access"]=> bool(true) ["#label_display"]=> string(6) "hidden" ["#view_mode"]=> string(4) "full" ["#language"]=> string(3) "und" ["#field_name"]=> string(4) "body" ["#field_type"]=> string(17) "text_with_summary" ["#field_translatable"]=> string(1) "0" ["#entity_type"]=> string(4) "node" ["#bundle"]=> string(10) "sub_pagina" ["#object"]=> *RECURSION* ["#items"]=> array(1) { [0]=> array(5) { ["value"]=> string(876) "
  1. Tipo de Receita: clique em Outras Receitas
  2. Receita: escolha uma das duas opções
    1. Código 5436 – para Multas Tribunal de Contas
    2. Código 5444 – para Glosas Tribunal de Contas (decisão com imputação de débito)
  3. Identificação do Contribuinte: informe o número do seu CPF (somente números)
  4. Nome/Razão Social: informe
  5. Nome completo do responsável condenado pelo TCE/SC (sem abreviações)
  6. Número do telefone com DDD
  7. Número do processo (somente números)
  8. Número da parcela: clique 1
  9. Data de Vencimento: 30 dias após a publicação da decisão
  10. Valor: informe o total do valor a recolher (principal + juros + correção monetária), conforme demonstrativo enviado por ofício
  11. Concluído o preenchimento do formulário: clique em Aceitar
" ["summary"]=> string(0) "" ["format"]=> string(9) "full_html" ["safe_value"]=> string(882) "
  1. Tipo de Receita: clique em Outras Receitas
  2. Receita: escolha uma das duas opções
    1. Código 5436 – para Multas Tribunal de Contas
    2. Código 5444 – para Glosas Tribunal de Contas (decisão com imputação de débito)
  3. Identificação do Contribuinte: informe o número do seu CPF (somente números)
  4. Nome/Razão Social: informe
  5. Nome completo do responsável condenado pelo TCE/SC (sem abreviações)
  6. Número do telefone com DDD
  7. Número do processo (somente números)
  8. Número da parcela: clique 1
  9. Data de Vencimento: 30 dias após a publicação da decisão
  10. Valor: informe o total do valor a recolher (principal + juros + correção monetária), conforme demonstrativo enviado por ofício
  11. Concluído o preenchimento do formulário: clique em Aceitar
" ["safe_summary"]=> string(0) "" } } ["#formatter"]=> string(12) "text_default" [0]=> array(1) { ["#markup"]=> string(882) "
  1. Tipo de Receita: clique em Outras Receitas
  2. Receita: escolha uma das duas opções
    1. Código 5436 – para Multas Tribunal de Contas
    2. Código 5444 – para Glosas Tribunal de Contas (decisão com imputação de débito)
  3. Identificação do Contribuinte: informe o número do seu CPF (somente números)
  4. Nome/Razão Social: informe
  5. Nome completo do responsável condenado pelo TCE/SC (sem abreviações)
  6. Número do telefone com DDD
  7. Número do processo (somente números)
  8. Número da parcela: clique 1
  9. Data de Vencimento: 30 dias após a publicação da decisão
  10. Valor: informe o total do valor a recolher (principal + juros + correção monetária), conforme demonstrativo enviado por ofício
  11. Concluído o preenchimento do formulário: clique em Aceitar
" } } ["#pre_render"]=> array(1) { [0]=> string(30) "_field_extra_fields_pre_render" } ["#entity_type"]=> string(4) "node" ["#bundle"]=> string(10) "sub_pagina" ["links"]=> array(5) { ["#theme"]=> string(11) "links__node" ["#pre_render"]=> array(1) { [0]=> string(23) "drupal_pre_render_links" } ["#attributes"]=> array(1) { ["class"]=> array(2) { [0]=> string(5) "links" [1]=> string(6) "inline" } } ["node"]=> array(3) { ["#theme"]=> string(17) "links__node__node" ["#links"]=> array(0) { } ["#attributes"]=> array(1) { ["class"]=> array(2) { [0]=> string(5) "links" [1]=> string(6) "inline" } } } ["comment"]=> array(3) { ["#theme"]=> string(20) "links__node__comment" ["#links"]=> array(0) { } ["#attributes"]=> array(1) { ["class"]=> array(2) { [0]=> string(5) "links" [1]=> string(6) "inline" } } } } } ["entity_view_prepared"]=> bool(true) }
__node: object(stdClass)#406 (36) {
  ["vid"]=>
  string(5) "22973"
  ["uid"]=>
  string(1) "1"
  ["title"]=>
  string(13) "Orientações"
  ["log"]=>
  string(0) ""
  ["status"]=>
  string(1) "1"
  ["comment"]=>
  string(1) "1"
  ["promote"]=>
  string(1) "0"
  ["sticky"]=>
  string(1) "0"
  ["vuuid"]=>
  string(36) "243477ba-f5c9-46f8-b7b1-ece7460ec4da"
  ["nid"]=>
  string(5) "22973"
  ["type"]=>
  string(10) "sub_pagina"
  ["language"]=>
  string(5) "pt-br"
  ["created"]=>
  string(10) "1411046402"
  ["changed"]=>
  string(10) "1411046402"
  ["tnid"]=>
  string(1) "0"
  ["translate"]=>
  string(1) "0"
  ["uuid"]=>
  string(36) "579b8497-cbf3-4028-ae8e-60fe9f83abc8"
  ["revision_timestamp"]=>
  string(10) "1411046402"
  ["revision_uid"]=>
  string(1) "1"
  ["body"]=>
  array(1) {
    ["und"]=>
    array(1) {
      [0]=>
      array(5) {
        ["value"]=>
        string(953) "
  1. O recolhimento dos débitos imputados e/ou das multas impostas devem ser feitas junto à rede bancária com o DARE.
  2. É imprescindível digitar corretamente o número do processo, para que o TCE/SC possa efetuar a baixa de responsabilidade no cadastro de devedores, com base nos relatórios fornecidos pela Secretaria de Estado da Fazenda.
  3. O responsável a recolhimento deve emitir o DARE para cada processo em que tenha sido condenado pelo TCE/SC.
  4. Emitir o DARE para débitos imputados (valores de despesas consideradas irregulares ou pertinentes à renúncia de receita) e outro para multas impostas, se for o caso.
  5. A Coordenadoria de Controle de Débitos e Execuções (CODE) da Secretaria Geral (SEG) do TCE/SC fornece aos interessados, quando solicitado, os cálculos atualizados dos montantes a pagar.

Dúvidas: Entre em contato com SEG/CODE pelo telefone (48) 3221-3655

" ["summary"]=> string(0) "" ["format"]=> string(9) "full_html" ["safe_value"]=> string(955) "
  1. O recolhimento dos débitos imputados e/ou das multas impostas devem ser feitas junto à rede bancária com o DARE.
  2. É imprescindível digitar corretamente o número do processo, para que o TCE/SC possa efetuar a baixa de responsabilidade no cadastro de devedores, com base nos relatórios fornecidos pela Secretaria de Estado da Fazenda.
  3. O responsável a recolhimento deve emitir o DARE para cada processo em que tenha sido condenado pelo TCE/SC.
  4. Emitir o DARE para débitos imputados (valores de despesas consideradas irregulares ou pertinentes à renúncia de receita) e outro para multas impostas, se for o caso.
  5. A Coordenadoria de Controle de Débitos e Execuções (CODE) da Secretaria Geral (SEG) do TCE/SC fornece aos interessados, quando solicitado, os cálculos atualizados dos montantes a pagar.

Dúvidas: Entre em contato com SEG/CODE pelo telefone (48) 3221-3655

" ["safe_summary"]=> string(0) "" } } } ["field_page_address"]=> array(0) { } ["field_page_redirect"]=> array(1) { ["und"]=> array(1) { [0]=> array(1) { ["value"]=> string(1) "0" } } } ["field_anexo"]=> array(0) { } ["field_botoes"]=> array(0) { } ["field_page_redirect_target"]=> array(1) { ["und"]=> array(1) { [0]=> array(1) { ["value"]=> string(5) "_self" } } } ["rdf_mapping"]=> array(9) { ["rdftype"]=> array(2) { [0]=> string(9) "sioc:Item" [1]=> string(13) "foaf:Document" } ["title"]=> array(1) { ["predicates"]=> array(1) { [0]=> string(8) "dc:title" } } ["created"]=> array(3) { ["predicates"]=> array(2) { [0]=> string(7) "dc:date" [1]=> string(10) "dc:created" } ["datatype"]=> string(12) "xsd:dateTime" ["callback"]=> string(12) "date_iso8601" } ["changed"]=> array(3) { ["predicates"]=> array(1) { [0]=> string(11) "dc:modified" } ["datatype"]=> string(12) "xsd:dateTime" ["callback"]=> string(12) "date_iso8601" } ["body"]=> array(1) { ["predicates"]=> array(1) { [0]=> string(15) "content:encoded" } } ["uid"]=> array(2) { ["predicates"]=> array(1) { [0]=> string(16) "sioc:has_creator" } ["type"]=> string(3) "rel" } ["name"]=> array(1) { ["predicates"]=> array(1) { [0]=> string(9) "foaf:name" } } ["comment_count"]=> array(2) { ["predicates"]=> array(1) { [0]=> string(16) "sioc:num_replies" } ["datatype"]=> string(11) "xsd:integer" } ["last_activity"]=> array(3) { ["predicates"]=> array(1) { [0]=> string(23) "sioc:last_activity_date" } ["datatype"]=> string(12) "xsd:dateTime" ["callback"]=> string(12) "date_iso8601" } } ["cid"]=> string(1) "0" ["last_comment_timestamp"]=> string(10) "1411046402" ["last_comment_name"]=> NULL ["last_comment_uid"]=> string(1) "1" ["comment_count"]=> string(1) "0" ["name"]=> string(5) "admin" ["picture"]=> string(1) "0" ["data"]=> string(24) "a:1:{s:7:"overlay";i:1;}" ["content"]=> array(5) { ["body"]=> array(16) { ["#theme"]=> string(5) "field" ["#weight"]=> string(1) "0" ["#title"]=> string(5) "Corpo" ["#access"]=> bool(true) ["#label_display"]=> string(6) "hidden" ["#view_mode"]=> string(4) "full" ["#language"]=> string(3) "und" ["#field_name"]=> string(4) "body" ["#field_type"]=> string(17) "text_with_summary" ["#field_translatable"]=> string(1) "0" ["#entity_type"]=> string(4) "node" ["#bundle"]=> string(10) "sub_pagina" ["#object"]=> *RECURSION* ["#items"]=> array(1) { [0]=> array(5) { ["value"]=> string(953) "
  1. O recolhimento dos débitos imputados e/ou das multas impostas devem ser feitas junto à rede bancária com o DARE.
  2. É imprescindível digitar corretamente o número do processo, para que o TCE/SC possa efetuar a baixa de responsabilidade no cadastro de devedores, com base nos relatórios fornecidos pela Secretaria de Estado da Fazenda.
  3. O responsável a recolhimento deve emitir o DARE para cada processo em que tenha sido condenado pelo TCE/SC.
  4. Emitir o DARE para débitos imputados (valores de despesas consideradas irregulares ou pertinentes à renúncia de receita) e outro para multas impostas, se for o caso.
  5. A Coordenadoria de Controle de Débitos e Execuções (CODE) da Secretaria Geral (SEG) do TCE/SC fornece aos interessados, quando solicitado, os cálculos atualizados dos montantes a pagar.

Dúvidas: Entre em contato com SEG/CODE pelo telefone (48) 3221-3655

" ["summary"]=> string(0) "" ["format"]=> string(9) "full_html" ["safe_value"]=> string(955) "
  1. O recolhimento dos débitos imputados e/ou das multas impostas devem ser feitas junto à rede bancária com o DARE.
  2. É imprescindível digitar corretamente o número do processo, para que o TCE/SC possa efetuar a baixa de responsabilidade no cadastro de devedores, com base nos relatórios fornecidos pela Secretaria de Estado da Fazenda.
  3. O responsável a recolhimento deve emitir o DARE para cada processo em que tenha sido condenado pelo TCE/SC.
  4. Emitir o DARE para débitos imputados (valores de despesas consideradas irregulares ou pertinentes à renúncia de receita) e outro para multas impostas, se for o caso.
  5. A Coordenadoria de Controle de Débitos e Execuções (CODE) da Secretaria Geral (SEG) do TCE/SC fornece aos interessados, quando solicitado, os cálculos atualizados dos montantes a pagar.

Dúvidas: Entre em contato com SEG/CODE pelo telefone (48) 3221-3655

" ["safe_summary"]=> string(0) "" } } ["#formatter"]=> string(12) "text_default" [0]=> array(1) { ["#markup"]=> string(955) "
  1. O recolhimento dos débitos imputados e/ou das multas impostas devem ser feitas junto à rede bancária com o DARE.
  2. É imprescindível digitar corretamente o número do processo, para que o TCE/SC possa efetuar a baixa de responsabilidade no cadastro de devedores, com base nos relatórios fornecidos pela Secretaria de Estado da Fazenda.
  3. O responsável a recolhimento deve emitir o DARE para cada processo em que tenha sido condenado pelo TCE/SC.
  4. Emitir o DARE para débitos imputados (valores de despesas consideradas irregulares ou pertinentes à renúncia de receita) e outro para multas impostas, se for o caso.
  5. A Coordenadoria de Controle de Débitos e Execuções (CODE) da Secretaria Geral (SEG) do TCE/SC fornece aos interessados, quando solicitado, os cálculos atualizados dos montantes a pagar.

Dúvidas: Entre em contato com SEG/CODE pelo telefone (48) 3221-3655

" } } ["#pre_render"]=> array(1) { [0]=> string(30) "_field_extra_fields_pre_render" } ["#entity_type"]=> string(4) "node" ["#bundle"]=> string(10) "sub_pagina" ["links"]=> array(5) { ["#theme"]=> string(11) "links__node" ["#pre_render"]=> array(1) { [0]=> string(23) "drupal_pre_render_links" } ["#attributes"]=> array(1) { ["class"]=> array(2) { [0]=> string(5) "links" [1]=> string(6) "inline" } } ["node"]=> array(3) { ["#theme"]=> string(17) "links__node__node" ["#links"]=> array(0) { } ["#attributes"]=> array(1) { ["class"]=> array(2) { [0]=> string(5) "links" [1]=> string(6) "inline" } } } ["comment"]=> array(3) { ["#theme"]=> string(20) "links__node__comment" ["#links"]=> array(0) { } ["#attributes"]=> array(1) { ["class"]=> array(2) { [0]=> string(5) "links" [1]=> string(6) "inline" } } } } } ["entity_view_prepared"]=> bool(true) }
__node: object(stdClass)#168 (36) {
  ["vid"]=>
  string(5) "10229"
  ["uid"]=>
  string(1) "1"
  ["title"]=>
  string(13) "Recolhimentos"
  ["log"]=>
  string(0) ""
  ["status"]=>
  string(1) "1"
  ["comment"]=>
  string(1) "1"
  ["promote"]=>
  string(1) "0"
  ["sticky"]=>
  string(1) "0"
  ["vuuid"]=>
  string(36) "e6013433-7d2a-41d0-a4ae-be4fbb62b88c"
  ["nid"]=>
  string(5) "10229"
  ["type"]=>
  string(4) "page"
  ["language"]=>
  string(5) "pt-br"
  ["created"]=>
  string(10) "1401304448"
  ["changed"]=>
  string(10) "1542990058"
  ["tnid"]=>
  string(1) "0"
  ["translate"]=>
  string(1) "0"
  ["uuid"]=>
  string(36) "00b152de-fcad-43fe-bc12-9f90597e6273"
  ["revision_timestamp"]=>
  string(10) "1542990058"
  ["revision_uid"]=>
  string(1) "1"
  ["body"]=>
  array(1) {
    ["und"]=>
    array(1) {
      [0]=>
      array(5) {
        ["value"]=>
        string(706) "

Para pagar multas aplicadas e débitos estaduais imputados por decisão do TCE/SC, utilize o Documento de Arrecadação de Receitas Estaduais (DARE), emitido pela Secretaria de Estado da Fazenda. É importante lembrar que para recolher débitos aos cofres municipais e aos de empresas públicas e de sociedades de economia mista, você deve dirigir-se à tesouraria dessas unidades, como estabelece o art. 22 do Regimento Interno do TCE/SC.

Mas se o seu caso é mesmo de recolhimento de débito ao Tesouro do Estado, preparamos um passo a passo que pode facilitar o preenchimento do DARE.

" ["summary"]=> string(0) "" ["format"]=> string(9) "full_html" ["safe_value"]=> string(732) "

Para pagar multas aplicadas e débitos estaduais imputados por decisão do TCE/SC, utilize o Documento de Arrecadação de Receitas Estaduais (DARE), emitido pela Secretaria de Estado da Fazenda. É importante lembrar que para recolher débitos aos cofres municipais e aos de empresas públicas e de sociedades de economia mista, você deve dirigir-se à tesouraria dessas unidades, como estabelece o art. 22 do Regimento Interno do TCE/SC.

Mas se o seu caso é mesmo de recolhimento de débito ao Tesouro do Estado, preparamos um passo a passo que pode facilitar o preenchimento do DARE.

" ["safe_summary"]=> string(0) "" } } } ["og_group_ref"]=> array(0) { } ["conteudo_autoria"]=> array(1) { ["und"]=> array(1) { [0]=> array(3) { ["value"]=> string(15) "Agência TCE/SC" ["format"]=> NULL ["safe_value"]=> string(15) "Agência TCE/SC" } } } ["field_relatorios"]=> array(0) { } ["field_botoes"]=> array(1) { ["und"]=> array(3) { [0]=> array(3) { ["target_id"]=> string(5) "22971" ["entity"]=> object(stdClass)#408 (34) { ["vid"]=> string(5) "22971" ["uid"]=> string(1) "1" ["title"]=> string(4) "DARE" ["log"]=> string(0) "" ["status"]=> string(1) "1" ["comment"]=> string(1) "1" ["promote"]=> string(1) "0" ["sticky"]=> string(1) "0" ["vuuid"]=> string(36) "89721719-37c9-495d-b8d6-aba868c38953" ["nid"]=> string(5) "22971" ["type"]=> string(10) "sub_pagina" ["language"]=> string(5) "pt-br" ["created"]=> string(10) "1411046332" ["changed"]=> string(10) "1433963297" ["tnid"]=> string(1) "0" ["translate"]=> string(1) "0" ["uuid"]=> string(36) "35915e85-60ab-4e80-b344-2fd875ad68e3" ["revision_timestamp"]=> string(10) "1433963297" ["revision_uid"]=> string(1) "1" ["body"]=> array(0) { } ["field_page_address"]=> array(1) { ["und"]=> array(1) { [0]=> array(3) { ["url"]=> string(95) "https://tributario.sef.sc.gov.br/tax.NET/Sat.Arrecadacao.Web/DARE_online/EmissaoDareOnline.aspx" ["title"]=> NULL ["attributes"]=> array(0) { } } } } ["field_page_redirect"]=> array(1) { ["und"]=> array(1) { [0]=> array(1) { ["value"]=> string(1) "1" } } } ["field_anexo"]=> array(0) { } ["field_botoes"]=> array(0) { } ["field_page_redirect_target"]=> array(1) { ["und"]=> array(1) { [0]=> array(1) { ["value"]=> string(6) "_blank" } } } ["rdf_mapping"]=> array(9) { ["rdftype"]=> array(2) { [0]=> string(9) "sioc:Item" [1]=> string(13) "foaf:Document" } ["title"]=> array(1) { ["predicates"]=> array(1) { [0]=> string(8) "dc:title" } } ["created"]=> array(3) { ["predicates"]=> array(2) { [0]=> string(7) "dc:date" [1]=> string(10) "dc:created" } ["datatype"]=> string(12) "xsd:dateTime" ["callback"]=> string(12) "date_iso8601" } ["changed"]=> array(3) { ["predicates"]=> array(1) { [0]=> string(11) "dc:modified" } ["datatype"]=> string(12) "xsd:dateTime" ["callback"]=> string(12) "date_iso8601" } ["body"]=> array(1) { ["predicates"]=> array(1) { [0]=> string(15) "content:encoded" } } ["uid"]=> array(2) { ["predicates"]=> array(1) { [0]=> string(16) "sioc:has_creator" } ["type"]=> string(3) "rel" } ["name"]=> array(1) { ["predicates"]=> array(1) { [0]=> string(9) "foaf:name" } } ["comment_count"]=> array(2) { ["predicates"]=> array(1) { [0]=> string(16) "sioc:num_replies" } ["datatype"]=> string(11) "xsd:integer" } ["last_activity"]=> array(3) { ["predicates"]=> array(1) { [0]=> string(23) "sioc:last_activity_date" } ["datatype"]=> string(12) "xsd:dateTime" ["callback"]=> string(12) "date_iso8601" } } ["cid"]=> string(1) "0" ["last_comment_timestamp"]=> string(10) "1411046332" ["last_comment_name"]=> NULL ["last_comment_uid"]=> string(1) "1" ["comment_count"]=> string(1) "0" ["name"]=> string(5) "admin" ["picture"]=> string(1) "0" ["data"]=> string(24) "a:1:{s:7:"overlay";i:1;}" } ["access"]=> bool(true) } [1]=> array(3) { ["target_id"]=> string(5) "22972" ["entity"]=> object(stdClass)#407 (35) { ["vid"]=> string(5) "22972" ["uid"]=> string(1) "1" ["title"]=> string(13) "Passo a Passo" ["log"]=> string(0) "" ["status"]=> string(1) "1" ["comment"]=> string(1) "1" ["promote"]=> string(1) "0" ["sticky"]=> string(1) "0" ["vuuid"]=> string(36) "2b673588-6e0e-4b48-9042-d50effe218f5" ["nid"]=> string(5) "22972" ["type"]=> string(10) "sub_pagina" ["language"]=> string(5) "pt-br" ["created"]=> string(10) "1411046360" ["changed"]=> string(10) "1411046360" ["tnid"]=> string(1) "0" ["translate"]=> string(1) "0" ["uuid"]=> string(36) "80c65104-a749-4ba3-81f7-e0be87defa76" ["revision_timestamp"]=> string(10) "1411046360" ["revision_uid"]=> string(1) "1" ["body"]=> array(1) { ["und"]=> array(1) { [0]=> array(5) { ["value"]=> string(876) "
  1. Tipo de Receita: clique em Outras Receitas
  2. Receita: escolha uma das duas opções
    1. Código 5436 – para Multas Tribunal de Contas
    2. Código 5444 – para Glosas Tribunal de Contas (decisão com imputação de débito)
  3. Identificação do Contribuinte: informe o número do seu CPF (somente números)
  4. Nome/Razão Social: informe
  5. Nome completo do responsável condenado pelo TCE/SC (sem abreviações)
  6. Número do telefone com DDD
  7. Número do processo (somente números)
  8. Número da parcela: clique 1
  9. Data de Vencimento: 30 dias após a publicação da decisão
  10. Valor: informe o total do valor a recolher (principal + juros + correção monetária), conforme demonstrativo enviado por ofício
  11. Concluído o preenchimento do formulário: clique em Aceitar
" ["summary"]=> string(0) "" ["format"]=> string(9) "full_html" ["safe_value"]=> string(882) "
  1. Tipo de Receita: clique em Outras Receitas
  2. Receita: escolha uma das duas opções
    1. Código 5436 – para Multas Tribunal de Contas
    2. Código 5444 – para Glosas Tribunal de Contas (decisão com imputação de débito)
  3. Identificação do Contribuinte: informe o número do seu CPF (somente números)
  4. Nome/Razão Social: informe
  5. Nome completo do responsável condenado pelo TCE/SC (sem abreviações)
  6. Número do telefone com DDD
  7. Número do processo (somente números)
  8. Número da parcela: clique 1
  9. Data de Vencimento: 30 dias após a publicação da decisão
  10. Valor: informe o total do valor a recolher (principal + juros + correção monetária), conforme demonstrativo enviado por ofício
  11. Concluído o preenchimento do formulário: clique em Aceitar
" ["safe_summary"]=> string(0) "" } } } ["field_page_address"]=> array(0) { } ["field_page_redirect"]=> array(1) { ["und"]=> array(1) { [0]=> array(1) { ["value"]=> string(1) "0" } } } ["field_anexo"]=> array(0) { } ["field_botoes"]=> array(0) { } ["field_page_redirect_target"]=> array(1) { ["und"]=> array(1) { [0]=> array(1) { ["value"]=> string(5) "_self" } } } ["rdf_mapping"]=> array(9) { ["rdftype"]=> array(2) { [0]=> string(9) "sioc:Item" [1]=> string(13) "foaf:Document" } ["title"]=> array(1) { ["predicates"]=> array(1) { [0]=> string(8) "dc:title" } } ["created"]=> array(3) { ["predicates"]=> array(2) { [0]=> string(7) "dc:date" [1]=> string(10) "dc:created" } ["datatype"]=> string(12) "xsd:dateTime" ["callback"]=> string(12) "date_iso8601" } ["changed"]=> array(3) { ["predicates"]=> array(1) { [0]=> string(11) "dc:modified" } ["datatype"]=> string(12) "xsd:dateTime" ["callback"]=> string(12) "date_iso8601" } ["body"]=> array(1) { ["predicates"]=> array(1) { [0]=> string(15) "content:encoded" } } ["uid"]=> array(2) { ["predicates"]=> array(1) { [0]=> string(16) "sioc:has_creator" } ["type"]=> string(3) "rel" } ["name"]=> array(1) { ["predicates"]=> array(1) { [0]=> string(9) "foaf:name" } } ["comment_count"]=> array(2) { ["predicates"]=> array(1) { [0]=> string(16) "sioc:num_replies" } ["datatype"]=> string(11) "xsd:integer" } ["last_activity"]=> array(3) { ["predicates"]=> array(1) { [0]=> string(23) "sioc:last_activity_date" } ["datatype"]=> string(12) "xsd:dateTime" ["callback"]=> string(12) "date_iso8601" } } ["cid"]=> string(1) "0" ["last_comment_timestamp"]=> string(10) "1411046360" ["last_comment_name"]=> NULL ["last_comment_uid"]=> string(1) "1" ["comment_count"]=> string(1) "0" ["name"]=> string(5) "admin" ["picture"]=> string(1) "0" ["data"]=> string(24) "a:1:{s:7:"overlay";i:1;}" ["entity_view_prepared"]=> bool(true) } ["access"]=> bool(true) } [2]=> array(3) { ["target_id"]=> string(5) "22973" ["entity"]=> object(stdClass)#406 (35) { ["vid"]=> string(5) "22973" ["uid"]=> string(1) "1" ["title"]=> string(13) "Orientações" ["log"]=> string(0) "" ["status"]=> string(1) "1" ["comment"]=> string(1) "1" ["promote"]=> string(1) "0" ["sticky"]=> string(1) "0" ["vuuid"]=> string(36) "243477ba-f5c9-46f8-b7b1-ece7460ec4da" ["nid"]=> string(5) "22973" ["type"]=> string(10) "sub_pagina" ["language"]=> string(5) "pt-br" ["created"]=> string(10) "1411046402" ["changed"]=> string(10) "1411046402" ["tnid"]=> string(1) "0" ["translate"]=> string(1) "0" ["uuid"]=> string(36) "579b8497-cbf3-4028-ae8e-60fe9f83abc8" ["revision_timestamp"]=> string(10) "1411046402" ["revision_uid"]=> string(1) "1" ["body"]=> array(1) { ["und"]=> array(1) { [0]=> array(5) { ["value"]=> string(953) "
  1. O recolhimento dos débitos imputados e/ou das multas impostas devem ser feitas junto à rede bancária com o DARE.
  2. É imprescindível digitar corretamente o número do processo, para que o TCE/SC possa efetuar a baixa de responsabilidade no cadastro de devedores, com base nos relatórios fornecidos pela Secretaria de Estado da Fazenda.
  3. O responsável a recolhimento deve emitir o DARE para cada processo em que tenha sido condenado pelo TCE/SC.
  4. Emitir o DARE para débitos imputados (valores de despesas consideradas irregulares ou pertinentes à renúncia de receita) e outro para multas impostas, se for o caso.
  5. A Coordenadoria de Controle de Débitos e Execuções (CODE) da Secretaria Geral (SEG) do TCE/SC fornece aos interessados, quando solicitado, os cálculos atualizados dos montantes a pagar.

Dúvidas: Entre em contato com SEG/CODE pelo telefone (48) 3221-3655

" ["summary"]=> string(0) "" ["format"]=> string(9) "full_html" ["safe_value"]=> string(955) "
  1. O recolhimento dos débitos imputados e/ou das multas impostas devem ser feitas junto à rede bancária com o DARE.
  2. É imprescindível digitar corretamente o número do processo, para que o TCE/SC possa efetuar a baixa de responsabilidade no cadastro de devedores, com base nos relatórios fornecidos pela Secretaria de Estado da Fazenda.
  3. O responsável a recolhimento deve emitir o DARE para cada processo em que tenha sido condenado pelo TCE/SC.
  4. Emitir o DARE para débitos imputados (valores de despesas consideradas irregulares ou pertinentes à renúncia de receita) e outro para multas impostas, se for o caso.
  5. A Coordenadoria de Controle de Débitos e Execuções (CODE) da Secretaria Geral (SEG) do TCE/SC fornece aos interessados, quando solicitado, os cálculos atualizados dos montantes a pagar.

Dúvidas: Entre em contato com SEG/CODE pelo telefone (48) 3221-3655

" ["safe_summary"]=> string(0) "" } } } ["field_page_address"]=> array(0) { } ["field_page_redirect"]=> array(1) { ["und"]=> array(1) { [0]=> array(1) { ["value"]=> string(1) "0" } } } ["field_anexo"]=> array(0) { } ["field_botoes"]=> array(0) { } ["field_page_redirect_target"]=> array(1) { ["und"]=> array(1) { [0]=> array(1) { ["value"]=> string(5) "_self" } } } ["rdf_mapping"]=> array(9) { ["rdftype"]=> array(2) { [0]=> string(9) "sioc:Item" [1]=> string(13) "foaf:Document" } ["title"]=> array(1) { ["predicates"]=> array(1) { [0]=> string(8) "dc:title" } } ["created"]=> array(3) { ["predicates"]=> array(2) { [0]=> string(7) "dc:date" [1]=> string(10) "dc:created" } ["datatype"]=> string(12) "xsd:dateTime" ["callback"]=> string(12) "date_iso8601" } ["changed"]=> array(3) { ["predicates"]=> array(1) { [0]=> string(11) "dc:modified" } ["datatype"]=> string(12) "xsd:dateTime" ["callback"]=> string(12) "date_iso8601" } ["body"]=> array(1) { ["predicates"]=> array(1) { [0]=> string(15) "content:encoded" } } ["uid"]=> array(2) { ["predicates"]=> array(1) { [0]=> string(16) "sioc:has_creator" } ["type"]=> string(3) "rel" } ["name"]=> array(1) { ["predicates"]=> array(1) { [0]=> string(9) "foaf:name" } } ["comment_count"]=> array(2) { ["predicates"]=> array(1) { [0]=> string(16) "sioc:num_replies" } ["datatype"]=> string(11) "xsd:integer" } ["last_activity"]=> array(3) { ["predicates"]=> array(1) { [0]=> string(23) "sioc:last_activity_date" } ["datatype"]=> string(12) "xsd:dateTime" ["callback"]=> string(12) "date_iso8601" } } ["cid"]=> string(1) "0" ["last_comment_timestamp"]=> string(10) "1411046402" ["last_comment_name"]=> NULL ["last_comment_uid"]=> string(1) "1" ["comment_count"]=> string(1) "0" ["name"]=> string(5) "admin" ["picture"]=> string(1) "0" ["data"]=> string(24) "a:1:{s:7:"overlay";i:1;}" ["entity_view_prepared"]=> bool(true) } ["access"]=> bool(true) } } } ["hub_page_icon"]=> array(1) { ["und"]=> array(1) { [0]=> array(18) { ["fid"]=> string(5) "46756" ["uid"]=> string(1) "1" ["filename"]=> string(23) "Recolhimentos_menor.png" ["uri"]=> string(32) "public://Recolhimentos_menor.png" ["filemime"]=> string(9) "image/png" ["filesize"]=> string(3) "786" ["status"]=> string(1) "1" ["timestamp"]=> string(10) "1542990058" ["type"]=> string(5) "image" ["uuid"]=> string(36) "bcbf6b2e-37ef-4fac-8ef1-7b7cc695a403" ["field_file_image_alt_text"]=> array(0) { } ["field_file_image_title_text"]=> array(0) { } ["rdf_mapping"]=> array(0) { } ["image_dimensions"]=> array(2) { ["width"]=> string(2) "64" ["height"]=> string(2) "64" } ["alt"]=> string(0) "" ["title"]=> string(0) "" ["width"]=> string(2) "64" ["height"]=> string(2) "64" } } } ["rdf_mapping"]=> array(9) { ["rdftype"]=> array(1) { [0]=> string(13) "foaf:Document" } ["title"]=> array(1) { ["predicates"]=> array(1) { [0]=> string(8) "dc:title" } } ["created"]=> array(3) { ["predicates"]=> array(2) { [0]=> string(7) "dc:date" [1]=> string(10) "dc:created" } ["datatype"]=> string(12) "xsd:dateTime" ["callback"]=> string(12) "date_iso8601" } ["changed"]=> array(3) { ["predicates"]=> array(1) { [0]=> string(11) "dc:modified" } ["datatype"]=> string(12) "xsd:dateTime" ["callback"]=> string(12) "date_iso8601" } ["body"]=> array(1) { ["predicates"]=> array(1) { [0]=> string(15) "content:encoded" } } ["uid"]=> array(2) { ["predicates"]=> array(1) { [0]=> string(16) "sioc:has_creator" } ["type"]=> string(3) "rel" } ["name"]=> array(1) { ["predicates"]=> array(1) { [0]=> string(9) "foaf:name" } } ["comment_count"]=> array(2) { ["predicates"]=> array(1) { [0]=> string(16) "sioc:num_replies" } ["datatype"]=> string(11) "xsd:integer" } ["last_activity"]=> array(3) { ["predicates"]=> array(1) { [0]=> string(23) "sioc:last_activity_date" } ["datatype"]=> string(12) "xsd:dateTime" ["callback"]=> string(12) "date_iso8601" } } ["cid"]=> string(1) "0" ["last_comment_timestamp"]=> string(10) "1401304448" ["last_comment_name"]=> NULL ["last_comment_uid"]=> string(1) "1" ["comment_count"]=> string(1) "0" ["name"]=> string(5) "admin" ["picture"]=> string(1) "0" ["data"]=> string(24) "a:1:{s:7:"overlay";i:1;}" ["entity_view_prepared"]=> bool(true) ["content"]=> array(7) { ["body"]=> array(16) { ["#theme"]=> string(5) "field" ["#weight"]=> string(1) "0" ["#title"]=> string(9) "Conteúdo" ["#access"]=> bool(true) ["#label_display"]=> string(6) "hidden" ["#view_mode"]=> string(4) "full" ["#language"]=> string(3) "und" ["#field_name"]=> string(4) "body" ["#field_type"]=> string(17) "text_with_summary" ["#field_translatable"]=> string(1) "0" ["#entity_type"]=> string(4) "node" ["#bundle"]=> string(4) "page" ["#object"]=> *RECURSION* ["#items"]=> array(1) { [0]=> array(5) { ["value"]=> string(706) "

Para pagar multas aplicadas e débitos estaduais imputados por decisão do TCE/SC, utilize o Documento de Arrecadação de Receitas Estaduais (DARE), emitido pela Secretaria de Estado da Fazenda. É importante lembrar que para recolher débitos aos cofres municipais e aos de empresas públicas e de sociedades de economia mista, você deve dirigir-se à tesouraria dessas unidades, como estabelece o art. 22 do Regimento Interno do TCE/SC.

Mas se o seu caso é mesmo de recolhimento de débito ao Tesouro do Estado, preparamos um passo a passo que pode facilitar o preenchimento do DARE.

" ["summary"]=> string(0) "" ["format"]=> string(9) "full_html" ["safe_value"]=> string(732) "

Para pagar multas aplicadas e débitos estaduais imputados por decisão do TCE/SC, utilize o Documento de Arrecadação de Receitas Estaduais (DARE), emitido pela Secretaria de Estado da Fazenda. É importante lembrar que para recolher débitos aos cofres municipais e aos de empresas públicas e de sociedades de economia mista, você deve dirigir-se à tesouraria dessas unidades, como estabelece o art. 22 do Regimento Interno do TCE/SC.

Mas se o seu caso é mesmo de recolhimento de débito ao Tesouro do Estado, preparamos um passo a passo que pode facilitar o preenchimento do DARE.

" ["safe_summary"]=> string(0) "" } } ["#formatter"]=> string(12) "text_default" [0]=> array(1) { ["#markup"]=> string(732) "

Para pagar multas aplicadas e débitos estaduais imputados por decisão do TCE/SC, utilize o Documento de Arrecadação de Receitas Estaduais (DARE), emitido pela Secretaria de Estado da Fazenda. É importante lembrar que para recolher débitos aos cofres municipais e aos de empresas públicas e de sociedades de economia mista, você deve dirigir-se à tesouraria dessas unidades, como estabelece o art. 22 do Regimento Interno do TCE/SC.

Mas se o seu caso é mesmo de recolhimento de débito ao Tesouro do Estado, preparamos um passo a passo que pode facilitar o preenchimento do DARE.

" } } ["#pre_render"]=> array(1) { [0]=> string(30) "_field_extra_fields_pre_render" } ["#entity_type"]=> string(4) "node" ["#bundle"]=> string(4) "page" ["links"]=> array(5) { ["#theme"]=> string(11) "links__node" ["#pre_render"]=> array(1) { [0]=> string(23) "drupal_pre_render_links" } ["#attributes"]=> array(1) { ["class"]=> array(2) { [0]=> string(5) "links" [1]=> string(6) "inline" } } ["node"]=> array(3) { ["#theme"]=> string(17) "links__node__node" ["#links"]=> array(0) { } ["#attributes"]=> array(1) { ["class"]=> array(2) { [0]=> string(5) "links" [1]=> string(6) "inline" } } } ["comment"]=> array(3) { ["#theme"]=> string(20) "links__node__comment" ["#links"]=> array(0) { } ["#attributes"]=> array(1) { ["class"]=> array(2) { [0]=> string(5) "links" [1]=> string(6) "inline" } } } } ["comments"]=> array(0) { } ["botoes"]=> array(2) { ["#markup"]=> string(3378) "

Passo a PassoX

  1. Tipo de Receita: clique em Outras Receitas
  2. Receita: escolha uma das duas opções
    1. Código 5436 – para Multas Tribunal de Contas
    2. Código 5444 – para Glosas Tribunal de Contas (decisão com imputação de débito)
  3. Identificação do Contribuinte: informe o número do seu CPF (somente números)
  4. Nome/Razão Social: informe
  5. Nome completo do responsável condenado pelo TCE/SC (sem abreviações)
  6. Número do telefone com DDD
  7. Número do processo (somente números)
  8. Número da parcela: clique 1
  9. Data de Vencimento: 30 dias após a publicação da decisão
  10. Valor: informe o total do valor a recolher (principal + juros + correção monetária), conforme demonstrativo enviado por ofício
  11. Concluído o preenchimento do formulário: clique em Aceitar

OrientaçõesX

  1. O recolhimento dos débitos imputados e/ou das multas impostas devem ser feitas junto à rede bancária com o DARE.
  2. É imprescindível digitar corretamente o número do processo, para que o TCE/SC possa efetuar a baixa de responsabilidade no cadastro de devedores, com base nos relatórios fornecidos pela Secretaria de Estado da Fazenda.
  3. O responsável a recolhimento deve emitir o DARE para cada processo em que tenha sido condenado pelo TCE/SC.
  4. Emitir o DARE para débitos imputados (valores de despesas consideradas irregulares ou pertinentes à renúncia de receita) e outro para multas impostas, se for o caso.
  5. A Coordenadoria de Controle de Débitos e Execuções (CODE) da Secretaria Geral (SEG) do TCE/SC fornece aos interessados, quando solicitado, os cálculos atualizados dos montantes a pagar.

Dúvidas: Entre em contato com SEG/CODE pelo telefone (48) 3221-3655

" ["#weight"]=> string(1) "2" } } }
Recolhimentos | Tribunal de Contas SC

Abas primárias

Para pagar multas aplicadas e débitos estaduais imputados por decisão do TCE/SC, utilize o Documento de Arrecadação de Receitas Estaduais (DARE), emitido pela Secretaria de Estado da Fazenda. É importante lembrar que para recolher débitos aos cofres municipais e aos de empresas públicas e de sociedades de economia mista, você deve dirigir-se à tesouraria dessas unidades, como estabelece o art. 22 do Regimento Interno do TCE/SC.

Mas se o seu caso é mesmo de recolhimento de débito ao Tesouro do Estado, preparamos um passo a passo que pode facilitar o preenchimento do DARE.

Passo a PassoX

  1. Tipo de Receita: clique em Outras Receitas
  2. Receita: escolha uma das duas opções
    1. Código 5436 – para Multas Tribunal de Contas
    2. Código 5444 – para Glosas Tribunal de Contas (decisão com imputação de débito)
  3. Identificação do Contribuinte: informe o número do seu CPF (somente números)
  4. Nome/Razão Social: informe
  5. Nome completo do responsável condenado pelo TCE/SC (sem abreviações)
  6. Número do telefone com DDD
  7. Número do processo (somente números)
  8. Número da parcela: clique 1
  9. Data de Vencimento: 30 dias após a publicação da decisão
  10. Valor: informe o total do valor a recolher (principal + juros + correção monetária), conforme demonstrativo enviado por ofício
  11. Concluído o preenchimento do formulário: clique em Aceitar

OrientaçõesX

  1. O recolhimento dos débitos imputados e/ou das multas impostas devem ser feitas junto à rede bancária com o DARE.
  2. É imprescindível digitar corretamente o número do processo, para que o TCE/SC possa efetuar a baixa de responsabilidade no cadastro de devedores, com base nos relatórios fornecidos pela Secretaria de Estado da Fazenda.
  3. O responsável a recolhimento deve emitir o DARE para cada processo em que tenha sido condenado pelo TCE/SC.
  4. Emitir o DARE para débitos imputados (valores de despesas consideradas irregulares ou pertinentes à renúncia de receita) e outro para multas impostas, se for o caso.
  5. A Coordenadoria de Controle de Débitos e Execuções (CODE) da Secretaria Geral (SEG) do TCE/SC fornece aos interessados, quando solicitado, os cálculos atualizados dos montantes a pagar.

Dúvidas: Entre em contato com SEG/CODE pelo telefone (48) 3221-3655

Passo a PassoX

  1. Tipo de Receita: clique em Outras Receitas
  2. Receita: escolha uma das duas opções
    1. Código 5436 – para Multas Tribunal de Contas
    2. Código 5444 – para Glosas Tribunal de Contas (decisão com imputação de débito)
  3. Identificação do Contribuinte: informe o número do seu CPF (somente números)
  4. Nome/Razão Social: informe
    1. Nome completo do responsável condenado pelo TCE/SC (sem abreviações)
    2. Número do telefone com DDD
    3. Número do processo (somente números)
    4. Número da parcela: clique 1
    5. Data de Vencimento: 30 dias após a publicação da decisão
  5. Valor: informe o total do valor a recolher (principal + juros + correção monetária), conforme demonstrativo enviado por ofício
  6. Concluído o preenchimento do formulário: clique em Aceitar

OrientaçõesX

  1. O recolhimento dos débitos imputados e/ou das multas impostas devem ser feitas junto à rede bancária com o DARE.
  2. É imprescindível digitar corretamente o número do processo, para que o TCE/SC possa efetuar a baixa de responsabilidade no cadastro de devedores, com base nos relatórios fornecidos pela Secretaria de Estado da Fazenda.
  3. O responsável a recolhimento deve emitir o DARE para cada processo em que tenha sido condenado pelo TCE/SC.
  4. Emitir o DARE para débitos imputados (valores de despesas consideradas irregulares ou pertinentes à renúncia de receita) e outro para multas impostas, se for o caso.
  5. A Coordenadoria de Controle de Débitos e Execuções (CODE) da Secretaria Geral (SEG) do TCE/SC fornece aos interessados, quando solicitado, os cálculos atualizados dos montantes a pagar.

Dúvidas: Entre em contato com SEG/CODE pelo telefone (48) 3221-3655